quarta-feira, 25 de julho de 2007

T.odos A. M.orte


"O vôo 3054 da TAM com passageiros a bordo teria derrapado na noite da terça-feira quando pousava no aeroporto de Congonhas (zona sul de São Paulo) e bateu contra um depósito da empresa que fica do lado oposto da avenida Washington Luís (zona sul de São Paulo). O choque provocou um incêndio de grandes proporções."
Queria fazer um debate aqui sobre esse caos aéreo. Infelizmente a memória do povo é muito curta e com o tempo vão se esquecer desse acidente, assim como o de 1996 foi esquecido e vão continuar a fazer nada.
É muito triste falar de certos aspectos do acidente quando as vítimas ainda estão muito fragilizadas com tudo isso, mas acho necessário que essas pessoas se juntem e tentem mudar como será o rumo desse acidente.
sabemos que o que de fato derruba aviões não são os pilotos, como os militares do DAC costumam dizer, e sim o que jamais quererão ver, que é a péssima manutenção da frota nacional, com destaque para a Todos À Morte (TAM). Aliás acho que os controladores e os pilotos são altamente qualificados e comprometidos com a segurança, mas estão começando a ver que estão tendo uma responsabilidade muito grande com tudo isso além da grande fragilidade do sistema.
Deveria acabar essa palhaçada de colocarem políticos para darem satisfação do que está havendo e sim técnicos que possam nos dar uma idéia real do que acontece. Porquê com os políticos e a mídia com seu sensacionalismo infelizmente a verdade será exposta com a devida cautela e "necessárias" deformações como convém aos responsáveis a fim de amenizar suas negligências.
Coitados dos pilotos e controladores que não aguentam mais assumir os problemas de equipamentos e mais uma série de coisas.
Parece que já era de conhecimento da TAM que o avião desse trágico acidente não estava legal e colocaram um grande profissional para pilotar dizendo que ele sim conseguiria colocar aquela sucata voadora no ar. E esses aviões só continuam a ter plena atividade aqui neste país, porquê o cidadão é sempre o marginal, enquanto os engravatados, os endinheirados e os que detêm o poder, estão sempre à margem da lei, infelizmente.
Preferem gastar o dinheiro com a parte estética(shoppings, etc.) ao invés de usá-lo na parte técnica(pista de pouso, etc.). E continuarão a ficar sem tomar medidas preventivas para o futuro. Falta segurança e pontualidade!
Agora.. falando em indenização também há um desrespeito muito grande com os familiares das vítimas. A tal ética nunca esteve presente nas negociações com a indenização. O prejuízo é muito grande para muitas pessoas, até com relação a falta de pontualidade dos vôos. Os setores de indústria estão tendo grandes prejuízos por conta disso. E quanto as vítimas, para vocês terem uma idéia, no acidente da TAM de 1996 até hoje(quase 11 anos se passaram) ainda não houve indiciamento de culpados e não houve satisfação para as vítimas do acidente. Por isso digo que apesar da dor, as novas vítimas desse acidente de terça-feira devem lutar para constituir um criminalista se não ficará por isso mesmo. Infelizmente é a realidade do nosso país.
Será mesmo que estamos seguros viajando de avião aqui no Brasil? E que essa tragédia servirá para alguma coisa? Ou ficará esquecida como tantas outras?

3 comentários:

Glaucio disse...

Oi anjo, muito bom o seu post e, tenho que dizer, bem escrito...
Mas gostaria de colocar outro ponto vista:
Sei q vc tentou, em alguns momentos, generalizar, mas no caso específico deste acidente, creio q ele possa ser comparado, com relação às prováveis causas, ao da GOL e não ao da TAM de 1996. Explico: naquela ocasião houve séria falha da empresa por causa do avião, pelo q me consta, já nessa, o avião era bem novo, só tinha o tal problema do reverso...
Os problemas da pista de Congonhas são antigos...eu viajo bastante e posso te garantir que é FODA para um piloto pousar lá...Dentro do avião, como passageiro, às vezes parece que ele vai se "partir", de tanto que faz barulho devido aos procedimentos de freada.
Já pousei lá estando em pequenos aviões (40 lugares) e em boeings e acho que este acidente foi mais pra fatalidade e erro de terceiros (como foi com o da GOL) do que o de 1996..então, neste caso, após conversar com gente da aviação, acredito q é o setor inteiro de aviação q está em profundo colapso, muito ruim mesmo, atingindo tudo...
São várias causas concorrendo...fica muito difícil isolar culpados.
Tomara que tudo se resolva sem mais perdas humanas !
Bjs linda

glaucio disse...

Outro ponto de* vista:

Anônimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado