segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Natal

"Espírito natalino é um saco preto, hordas de delinqüentes, turbas de atoleimados te exigindo caras, posturas, o riso alvar, cestas, granas e tu mesmo basicamente arruinado, e criancelhas peidando adoidadas, escoiceando os ares, e mãezinhas num azáfama de um cair de tarde bordelesco, pra lá pra cá, e Jeshua entregue às traças, imagine o arrepio do Divino vendo o trotoar dos humanos, enchendo as panças, arrotando grosso, chupando os dentes, enchendo as latrinas, as mandíbulas sempre triturando, e o nenen lá na manjedoura, entre a vaca e o jumento... Que pai é esse que manda o filho pra um planeta de bosta como é a Terra... Se fosse um bom pai, o filho teria encarnado num corvo, a gente só ficaria olhando lá pro corvo nas alturas e dizendo: olha lá o divino, olha que lindo! E o divino com asas, só de nos ver de longe se escafederia, tem dó, pai, aquela gente não, por favor, pai, Abracadabra, pai, me transforma em fumaça, em rojão, em poeira, mas me afasta daqui, me afasta! E aquele médico bonzinho que arrancou os olhos do Einstein e pôs no vidro e agora vai vendê-los por cinco milhões de dólares! Meu Deus, meu Deus, e o olho tristíssimo (porque viu muito e muito compreendeu) lá no vidro zoiando... Sim, é verdade, eu tenho medo das gentes, pra dizer a verdade eu me cago de medo das gentes! O que eu tenho visto de pulhas, de máscaras atadas dia e noite sobre umas caras de pedra... O que eu tenho visto de mesquinharia, de crueldade, de torpeza, de estupidez... Que Natal? Que Natal? mudou o quê depois do nascimento do bebê? "Óia a véia de novo enfezada! E até sendo paga pra escrevê só mardade! E nóis aqui no bem-bom comendo esses pardá, essas rola e esse gato gordo da vizinha! e que que tem cagá? que que tem rrotá? e chupá dente num é bom? e pur que ela chama a gente de delinquente? que que é horda, hen? e turba? E querê que o divino seja corvo, ó dotô, manda prendê essa muié, que eu até esqueci de fritá os ovo do menino Josué, também que que tem, é Natar e ele já tava morto!"

Simplesmente quem escreveu foi a genial Hilda Hilst. Muito bom. Genial!

Feliz natal a todos! =)

domingo, 16 de dezembro de 2007

Patético

"O Irão era perigoso, o Irão é perigoso e o Irão será perigoso, uma vez que sabe como produzir uma arma nuclear"

George Bush



Simplesmente a coisa mais patética que já li.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Puta ou santa?


Sempre me intrigou o fato das mulheres nomeadas como putas serem as profissionais do sexo e não as mulheres que admitem gostar de sexo.
Também não entendo porque este é um assunto tão restrito a ela, já que sem a mulher, ele não existiria.
Hoje em dia vejo um pouco menos de machismo entre os homens, mas ainda existe aquela velha classificação das mulheres como as "safadas", que são as que admitem gostar de sexo e não são dignas de uma valorização, de um compromisso, de um sentimento; e as "quietinhas virgens", que se deve casar, amar e ter filhos. E penso se vale a pena se auto-preservar tanto por um valor ou por alguém a ponto de deixar de lado todos os seus mais verdadeiros e sinceros desejos.
Em relação às prostitutas: elas só estão ali porque esta foi a forma que encontraram para sobreviverem, e elas só lucram com isso porque sempre existirá uma clientela que muitas vezes deixa a sua mulher "quietinha e virgem" em casa e paga pra pra tê-la ali como sua. Daí vejo a necessidade do homem de ter para si esses dois "tipos" de mulheres. Talvez para se sentir superior ou porque não encontra essas duas em uma só. Não sei. Quem sabe um dia eu entenda os homens, mas as mulheres eu já entendi e garanto que dentro de cada uma há uma santa e uma puta que devem ser valorizadas como um todo, como uma verdadeira e completa Mulher.

Sob a influência de "O valor da puta", de arlequina.

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Sexo

Segundo o médico é uma doença, porque sempre termina na cama.
Segundo o advogado é uma injustiça, porque sempre há um que fica por baixo.
Segundo o engenheiro é uma máquina perfeita, porque é a única em que se trabalha deitado. Segundo o arquiteto é um erro de projeto, porque a área de lazer fica muito próxima á área de saneamento.
Segundo o político é um ato de democracia perfeito, porque todos gozam independente da posição.
Segundo o economista é um desajuste, poque entra mais do que sai. Ás vezes, nem se sabe o que é ativo ou passivo.
Segundo o contador é um exercício perfeito: Põe-se o bruto, faz-se o balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Podendo, na maioria dos casos, ainda gerar dividendos.
Segundo o matemático é um perfeita equação, porque a mulher coloca entre parênteses, eleva o membro à sua máxima potência, e lhe extrai o produto, reduzindo-o à sua mínima expressão.
Segundo o psicólogo, é foda explicar…

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Cor


"Passa uma borboleta por diante de mim
e pela primeira vez no universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento
Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta, o movimento é que se move.
O perfume é que tem perfume no perfume da flor
A borboleta é apenas borboleta.
E a flor é apenas flor."

domingo, 16 de setembro de 2007

Girls



Desenho feito por Ramón...

Ohhhh girls just wanna have fun!!!

terça-feira, 28 de agosto de 2007

ORKUT


Eu acho que o orkut é coisa do Cérebro...Imagine a cena:

"O que nós vamos fazer esta noite Cérebro?"
"O mesmo que fazemos todas as noites Pinky, TENTAR DOMINAR O MUNDO!!! Imagine um programa gratuito na internet, que viciaria todas as pessoas, e elas inocentemente escreveriam nele todas suas coisas pessoais!!! Seus gostos, paixões, desilusões e dissabores! E nós saberiamos de tudo! ASSIM NÓS DOMINAREMOS O MUNDO!!!"
"-Narf- Como assim cérebro?"
" ¬¬ Você não entenderia Pinky.."
"-Whaaaaaa-"

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Sexo destrava a língua

Sexo destrava a língua...óbvio... Estudos dizem que quem faz sexo antes de falar em público tem um melhor desempenho...Pode acreditar nesta informação porque ela está respaldada em pesquisa científica: relações sexuais aprimoram a qualidade da comunicação.Por mais crentes que sejamos, não tem jeito: diante de uma notícia assim, nosso desconfiômetro fica superantenado. Afinal, resolver problemas da arte de falar em público com um remédio tão saboroso parece algum tipo de armação. Entretanto, para tudo há um preço. E, nesse caso, uma boa surpresa: não é que o pagamento é tão agradável quanto o benefício recebido! A condição para que a estratégia dê resultado é que não pode ser assim um encontro amoroso qualquer. A relação sexual precisa ter um mínimo de qualidade.

Fidel Castro deve ter sido um "devasso" seus discursos costumavam durar até 4 horas...

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Uma verdade Inconveniente




Mais acima, na China peixe morto é visto sobre um reservatório seco, no subúrbio de Yingtan.
Ao rejeitar Kyoto, em 2001, o presidente dos EUA, George W. Bush, alegou ausência de provas de que o aquecimento global esteja relacionado à poluição industrial. Ele também argumentou que os cortes impostos pelo pacto de Kyoto prejudicariam a economia.

Enchentes: um dos "efeitos" do aquecimento global. Água que vem do mar, como a tsunami, àgua dos rios transbordantes e da chuva constante. Quente, úmido e abafado, este é o mundo que a civilização está cozinhando no presente para servir num futuro que pode ser daqui a pouco.
Muita gente está morrendo e ninguém faz nada.
Tendo em uma balança o mundo e do outro lado muito dinheiro pensariam(vocês sabem quem): humnnnnn, humnnn.... ???
Porra, o que falta para acreditarem no que está acontecendo??????
Sim, revoltei total!!!
A era da protelação, das meias-medidas, das ações a curto prazo, dos adiamentos está terminando. Em seu lugar estamos entrando no período das conseqüências...
Só para constar... Bush é um merda... na verdade é uma bosta bem grande!



segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Carta do cacique

"A terra não pertence ao homem; é o homem que pertence à terra. Disto temos certeza. Todas as coisas estão interligadas, como o sangue que une uma família. Tudo está relacionado entre si. O que fere a terra fere também os filhos da terra. Não foi o homem que teceu a trama da vida: ele é meramente um fio da mesma. Tudo o que ele fizer à trama, a si próprio fará"

(Trecho da carta do Cacique Seattle ao Presidente Pierce dos EUA em 1855 depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios. )

“Depois que o último homem vermelho tiver partido e a sua lembrança não passar da sombra de uma nuvem a pairar acima das pradarias, a alma do meu povo continuará a viver nestas florestas e praias, porque nós as amamos como um recém-nascido ama o bater do coração de sua mãe. Se te vendermos a nossa terra… protege-a como nós a protegíamos. Nunca esqueça como era a terra quando dela tomou posse…”


E ainda acho que esta carta continua mais atual do que nunca. Pensemos nisso.

segunda-feira, 30 de julho de 2007

Meu aniversário.

Não é mais hoje, foi ontem, mas como ontem não postei, será hoje mesmo.
Meu aniversário
Meu aniversário é hoje
Sopro bolhas de sabão
Grandes e coloridas
Espero que cheguem ao céu
Toda coloridas
Dentro delas um pedido
Em cada pedido uma esperança
Em cada esperança
Mais um brilho no olhar.
Não custa nada sonhar
Já aprendi a voar...
As fadas me acompanham
Os passarinhos cantam.
O sol brilha pra mim
Que mais posso querer?
Mais um dia da minha vida
Mais outros que virão...
Sinto no peito uma alegria
No coração uma saudade
Pra festejar não tem idade
Pra amar também não.
Que cheguem coisas boas
Que se fortaleçam tantas outras
Que meu amor me acompanhe
E que a magia esteja sempre presente.

quarta-feira, 25 de julho de 2007

T.odos A. M.orte


"O vôo 3054 da TAM com passageiros a bordo teria derrapado na noite da terça-feira quando pousava no aeroporto de Congonhas (zona sul de São Paulo) e bateu contra um depósito da empresa que fica do lado oposto da avenida Washington Luís (zona sul de São Paulo). O choque provocou um incêndio de grandes proporções."
Queria fazer um debate aqui sobre esse caos aéreo. Infelizmente a memória do povo é muito curta e com o tempo vão se esquecer desse acidente, assim como o de 1996 foi esquecido e vão continuar a fazer nada.
É muito triste falar de certos aspectos do acidente quando as vítimas ainda estão muito fragilizadas com tudo isso, mas acho necessário que essas pessoas se juntem e tentem mudar como será o rumo desse acidente.
sabemos que o que de fato derruba aviões não são os pilotos, como os militares do DAC costumam dizer, e sim o que jamais quererão ver, que é a péssima manutenção da frota nacional, com destaque para a Todos À Morte (TAM). Aliás acho que os controladores e os pilotos são altamente qualificados e comprometidos com a segurança, mas estão começando a ver que estão tendo uma responsabilidade muito grande com tudo isso além da grande fragilidade do sistema.
Deveria acabar essa palhaçada de colocarem políticos para darem satisfação do que está havendo e sim técnicos que possam nos dar uma idéia real do que acontece. Porquê com os políticos e a mídia com seu sensacionalismo infelizmente a verdade será exposta com a devida cautela e "necessárias" deformações como convém aos responsáveis a fim de amenizar suas negligências.
Coitados dos pilotos e controladores que não aguentam mais assumir os problemas de equipamentos e mais uma série de coisas.
Parece que já era de conhecimento da TAM que o avião desse trágico acidente não estava legal e colocaram um grande profissional para pilotar dizendo que ele sim conseguiria colocar aquela sucata voadora no ar. E esses aviões só continuam a ter plena atividade aqui neste país, porquê o cidadão é sempre o marginal, enquanto os engravatados, os endinheirados e os que detêm o poder, estão sempre à margem da lei, infelizmente.
Preferem gastar o dinheiro com a parte estética(shoppings, etc.) ao invés de usá-lo na parte técnica(pista de pouso, etc.). E continuarão a ficar sem tomar medidas preventivas para o futuro. Falta segurança e pontualidade!
Agora.. falando em indenização também há um desrespeito muito grande com os familiares das vítimas. A tal ética nunca esteve presente nas negociações com a indenização. O prejuízo é muito grande para muitas pessoas, até com relação a falta de pontualidade dos vôos. Os setores de indústria estão tendo grandes prejuízos por conta disso. E quanto as vítimas, para vocês terem uma idéia, no acidente da TAM de 1996 até hoje(quase 11 anos se passaram) ainda não houve indiciamento de culpados e não houve satisfação para as vítimas do acidente. Por isso digo que apesar da dor, as novas vítimas desse acidente de terça-feira devem lutar para constituir um criminalista se não ficará por isso mesmo. Infelizmente é a realidade do nosso país.
Será mesmo que estamos seguros viajando de avião aqui no Brasil? E que essa tragédia servirá para alguma coisa? Ou ficará esquecida como tantas outras?

terça-feira, 17 de julho de 2007

Ludmila


lúdica mia
mulher cereja
suave se delicia
e a fruta vermelha
de desespero quase vacila
por não ter o gosto e o cheiro


de Ludmila.




Poesia feita por Tião Martins, um grande poeta. Para quem quiser ver seu blog está aqui: http://tiaomartins.blogspot.com/

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Abertura dos jogos


Hoje a noite a abertura dos jogos pan-americanos foi espetacular. O Brasil mostrou que sabe fazer bonito. Ninguém esperava que a festa fosse tão organizada quanto foi. E o Rio de Janeiro, maravilhoso! Uma alegria contagiante, sorrisos estampados, coreografias na ponta do pé, e muita animação!O que deixou um clima tenso e fez com que o presidente do Brasil não cumprisse sua parte em fazer o pronunciamento da abertura dos jogos foram as grandes vaias ao Lula todas as vezes que ele aparecia e em que era citado no microfone. Um grande absurdo. O público do Maracanã que havia se mostrado tão animado, mostrou que não sabe ser nada diplomático.Uma festa tão bonita e organizada não merecia esse tipo de comportamento do público.As músicas foram muito bem escolhidas, retrataram a cara do Brasil; as fantasias super coloridas, tudo foi muito bem escolhido e organizado. Muita sorte! E que comecem os jogos e que venham muitas medalhas para o nosso Brasil!

sexta-feira, 6 de julho de 2007

Sirley espancada por grupo de jovens de classe média alta


Esses dias saiu uma notícia de que uma empregada doméstica foi espancada no ponto de ônibus por cinco "crianças" na Barra da Tijuca...
Vamos lá. Eu pensei, pensei, pensei e não consegui ainda entender várias coisas. Uma delas é porque os jornalistas colocam "empregada doméstica foi atacada". Qual seria a diferença entre uma empregada, uma prostituta, uma jornaleira, uma médica, etc?Não consigo entender. Prefiro tratar do assunto chamando a mulher pelo nome... que aliás ela tem. \o/ Sirley foi mais uma vítima da violência que está isso aqui. Infelizmente, estava no lugar errado, na hora errada e encontrou com as pessoas erradas no dia errado. Não sei como esses covardes foram capazes de tal ato. Será que é a certeza da impunidade? (Porque um deles estuda direito inclusive, aliás, ótimo profissional ele será; a covardia é tão grande que o que foi acusado disse o nome dos outros quatro. Nenhum deles tem respeito ao próximo, Inclusive, um deles ainda ameaçou a mulher na cadeia). Será que é curtição? Nova seita satânica? Falta de educação? Drogas? Bebida? Ausência paternal? Não consigo entender...Não sei mais o que esperar da educação do nosso país. Jovens que poderíam ter acesso a ela, não aprenderam. Será que esses pais não enxergam que erraram feio? Ter acesso a tudo com mais facilidade não significa que seu filho está pronto para o futuro, para ser um humano. Falta isso; humanidade, bom caráter, amor. Isso tem que ser ensinado de pequeno, em casa. Se não, pra quê colocar mais um lixo desse no mundo? Para acabar com a raça humana? Para destruir a esperança de bons Brasileiros que isso ainda pode mudar? Ai gente, não sei não, melhor não ter. Se os pais continuam a passar a mão na cabeça do filhinho e não deixar ele sofrer as consequências de seus atos, não vai mudar nunca! To revoltada com esse bando de merda!Por sorte(ou não) de Sirley, o taxista conseguiu achar eles pela placa do carro e eles pelo menos vão passar um bocado de vergonha por ter feito o que fizeram.Porque mesmo que, como nós sabemos, não cumpram a pena que lhes é devida(graças a uma justiça falida e código penal obsoleto), pelo menos este crime não ficará no anonimato, como tantos outros, inclusive dos mesmos jovens). Eu só perguntaria aos pais destes monstros se eles teriam a mesma benevolência em chamar os agressores de "crianças" se os filhos deles tivessem sido atacados por jovens adultos o suficiente para espancar um ser humano.É foda... Daqui a pouco a marca roxa sai, vem as férias, o povo esquecerá; e esses doentes estarão soltos, com ficha limpa, espancando outras pessoas com um pouco mais de cautela; e não terá outro taxista para anotar a placa.
P.S.: Ainda somos o futuro da nação e espero que jovens diferentes e ousados possam mudar esse país.
"Vamos fazer nosso dever de casa, e aí então, vocês vão ver, suas crianças derrubando reis, fazer comédia de cinema com as suas leis" "E essa justiça desafinada, é tão humana e tão errada"

terça-feira, 26 de junho de 2007

Ne Me Quitte Pas.

Um pedaço de um dos meus contos...

...Depois de um tempo a campainha toca; atendo. Era ele...
Ele me puxa e me beija com amor e tesão. Com uma química que só nós temos.
Olha fixamente em meus olhos. O suficiente para eu sentir o calor de seu desejo. Ele gosta disso. Gosta de uma transa com culpa. Eu sei... Só eu sei disso.
Fecho a porta e vou até o carro dele.
Ele nos leva até um hotel...
Entramos no quarto, abrimos a janela para somente a lua ser cúmplice da nossa culpa e ele silenciosamente me pega por trás, segura meus pulsos, me conduz até a cama e me prende com suas algemas. Coloca a nossa música para tocar; e devagar, começa a me acariciar, deixa meus seios à mostra e os chupa com a mesma vontade e prazer que uma criança chupa um doce...
Vai descendo meu vestido com os dentes e os dedos deslizam por meu corpo, até encontrar o ponto que só ele conhece.
Meu corpo ávido, queima em chamas vivas, minha pele pronta para entrar em erupção.
O membro dele em rigidez plena.
Eu trêmula; ele suspira compassado.
Roço meu corpo no dele.
E me solta, para fazer aquilo que ele faz de melhor, com culpa e ar de proibido.

(...)

Depois de uma hora, ele me olha quase como se quisesse dizer algo.
...Minha presença o deixa pensativo....


Ne Me Quitte Pas.

domingo, 17 de junho de 2007

Quem sou eu?

Não sei ao certo, só sei que nada sei... O que eu acho?
Acho que sou Ludmila, menina de 16 anos, mulher de 40 ou criança de 5... tanto faz!
Sou leonina, tento me fazer de forte, mas no fundo sou como um cristal por dentro; e chego a ser demasiadamente inocente. Me desdobro para aliviar a carga dos meus semelhantes. Tão simples que a cada dia se torna complicado...
Antes eu estudava para tentar mudar as pessoas, criar um mundo melhor, hoje, estudo para ganhar dinheiro, como a maioria das pessoas...
Sou volúvel e apaixonada pela vida e pela natureza; gosto de gente e de ficar sozinha.
Gosto de Iron maiden e de Chico Buarque.
Admiro as pessoas que dão cara a tapa e são fortes; E acho pior que a dor dos lagos infernais é perder o direito de sentir. Nem que seja um beliscão, mas me dê. Quero sorrir até a barriga doer e chorar até ficar com cara de sapo.
Sou útil e fútil...
Quero um filho adotivo;
Gosto de pequenas coisas, pequenos gestos e poucas palavras;
Não sei mais o que espero da humanidade e nem sei se ainda acredito em certos seres humanos;
Sou mais homem que muito homem;
Tenho a cabeça no lugar e sou louca;
Gosto de teatro, cinema, livros, saídas, amigos, conversas de botas batidas...
Não consigo entender a falta de compaixão e as pessoas que ainda tem dedos para apontar os erros dos próximos mas que não enxergam os próprios erros...
Quer saber? Acho o imperfeito incrível...
Ninguém é perfeito e não temos direito de exigir isso...
O que precisamos fazer é tentar compreendê-los.
E tenho uma vida que, sinceramente você não vai querer tentar entendê-la.

terça-feira, 12 de junho de 2007

Você tem medo de quê?



Da vida;
de altura;
da ansiedade;
do medo;
de amar e não ser amado;
da perda;
da infância;
de lugares fechados;
de água;
de falhar;
da violência...


E da morte... Você tem medo da morte???



segunda-feira, 4 de junho de 2007

Assim que o amor entrou no meio, o meio virou amor...


Hoje, em uma conversa sincera com um amigo, me deu vontade de escrever...
Sabe, queria poder dizer que sei tudo sobre o amor e poder te ajudar, te dar um manual de instruções e dizer: segue isso aqui! Mas não posso...
Sempre sabemos exatamente o que queremos da vida: encontrar um amor, mas não sabemos como. Nossos relacionamentos, especialmente os amorosos não dão certo. Parece que repetimos sempre as mesmas situações, que caímos nas mesmas armadilhas. Nos perguntamos o que pode haver de errado conosco, pq é que com os outros dá certo e com a gente não!? Onde erramos? Será que meu parceiro existe? O que devo fazer?
Nem nossos pais e professores, apesar das boas intenções, nos preparam para viver o processo de aprendizagem em busca do amor. Mas não o fizeram pq não podiam.(lembra da música pais e filhos...? Você diz que seus pais não entendem, mas vc não entende seus pais! Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo! São crianças como você. O que você vai ser quando você crescer?). Primeiro porque nossos próprios pais não sabiam valorizar os processos, só tinham aprendido a valorizar os resultados e por mais uma série de fatores...
Nossas experiências quando parecem negativas, não são vistas como processo de aprendizado, mas vemos como fatos sujeitos a condenação, com todas as culpas consequentes... E assim crescemos com a ânsia de amor dentro de nós e com despreparo para alcançá-lo.
Amigo, não tenho nada pra te ensinar, só que antes de tudo, ame a você, prepare o seu corpo, sua mente, sua alma, para depois amar ao próximo. Lembra daquela história do jardim e da borboleta? É mais ou menos por aí. Primeiro esteja de bem com você mesmo, se ame, se cuide, depois ame alguém, mas saiba viver sem aquela pessoa, você primeiro precisa não precisar dela para nada... E depois, VIVA... Viva intensamente, ame como se nunca tivesse se machucado, viva como se fosse morrer amanhã, dance como se fosse a última vez, cante muuuuito e grite para o muuundo inteiro que você é feliz...
Pode ser que assim, você encontre seu amor(sem insegurança, sem possessividade, sem ciúme) e viva intensamente ao lado dele!!! Como uma criança, sem maldades que aprendemos com o mundo(Mas as lições não servem para isso, servem para aprendermos a não errar mais onde errávamos).
Isso é tudo que posso te dizer, que você é único e não deixe ser apenas mais um, faça a diferença, viva e ame intensamente, SEMPRE!!!!!

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Paixões proibidas


Aquele homem... Tudo que eu precisava saber, era ele quem ensinava.
Gostávamos daquele ar de perigo. O crime fazia parte de nosso cotidiano.
Já era tarde e resolvi sair de meu apartamento e passar em uma cafeteria, para saborear um capuccino que adoro!
Quem eu encontro? Claro, o meu homem! Mas havia uma companhia junto a ele. Era sua mulher.
Meu desejo era latente e pulsava ao mesmo tempo, pois o sabor do crime me esperava.
Olhei firme e com tesão para ele. Me arrepiei ao vê-lo retribuindo meu olhar ao lado de sua parceira.
Enquanto meus lábios carnudos e vermelhos de tanto desejo se adoçavam naquele copo, olhava-o fixamente com todo meu poder de sedução (que aliás, só o uso em raras ocasiões, e essa, era uma delas).
Com meu ar sério e intrigante, levantei-me ajeitando meu vestido e fui me dirigindo ao banheiro(sem tirar meus olhos dele).
Passou um minuto e meu amante já estava colado em meu pescoço.
Me empurrou para dentro do banheiro(com uma delicadeza quase brutal), e trancou a porta.
Sem dizer uma palavra, segurou firme em meus cabelos, respirou com aquele ar quente em meu ouvido e aquilo para mim, significava mais que qualquer palavra, (somente nós dois sabíamos o quanto de desejo havia em um pequeno suspiro daquele homem).
Um pouco arisco e surpreendentemente calmo, me virou, se abaixou e começou a levantar meu vestido, passando aquela mão quente por todo meu corpo; como uma fera satisfeita ao conseguir prender e saciar sua presa...
Depois de suspender toda minha roupa, arrancou-a com ferocidade...
Abaixou minha lingerie vermelha e de repente ouço o som da fivela do cinto dele sendo retirada.
Apanhada de surpresa, ouvi o estalar do cinto em minhas pernas vermelhas e me molhei de tanto tesão...
Ele abaixa as calças e me faz aquilo que sabe fazer de melhor: me amar!
Depois de alguns minutos ouço um suspiro forte, soando como um ar de satisfação.
Pronto. Mais um crime concluído...
Voltamos para nossas mesas, pago minha conta e vou embora com um sorriso nos lábios que só aquele homem vai entender... rsrs

quinta-feira, 24 de maio de 2007

Lírico ardente

Hoje o dia estava triste, sombrio, chuvoso, mas meu corpo ardente, coração palpitando; o pulsar de minhas veias aceleradas. Sem
saber o motivo, deitei para refletir...Até que subitamente sinto outro corpo sob o meu, aquele ar quente em minha barriga, o toque de uma mão em minhas coxas...Me veio uma sensação estranha, um prazer indescritível... Sem entender o que estava sentindo, mas querendo mais e mais. Lhe
retribuí com um sorriso malicioso e meu toque leve como uma pena...Ele me olhava com vontade, beija meus flancos. Não, não trocamos nenhuma palavra, não porque não queríamos, mas porque o
desejo era mais forte que palavras, era intenso...A liberdade era total com aquele corpo. Nem um pouco estranho e sonhador. Era real e contundente. Eu preferia não entender
aquele momento, somente aproveitá-lo e senti-lo.Então beija a minha boca vermelha e carnuda demoradamente. Morde meus lábios saciando minha língua, sem pressa de falar e
fazer nada.Abrindo minha roupa de cereja, desata o nó da faixa na nuca e expõe meu corpo nu a sua ampla visão e olha demoradamente cada
parte de minha pele branca.O desejo de ambos é latente, e eu só consigo segurar seu cabelo e fecho os olhos, jogando a cabeça para trás e sinto sua forte
respiração quente sobre partes de mim...Depois de um tempo ele sorri para mim e sabemos que há satisfação em um pouco de dor. Nossos olhares disseram... ninguém
contou.Não quis abrir os olhos, pois sabia que não se passava de um sonho e que certas coisas só com esse homem eu vou descobrir em
mim mesma.

Sempre com ele.

terça-feira, 22 de maio de 2007

Somente mais um...

Eu chorava e ele ria... Eu falava e ele não ouvia... Eu sofria e ele nem ligava... Ele mentia, eu acreditava... Eu esperava, ele não voltava... Eu sorria para ele, ele ria de mim... Eu queria coisa séria, ele queria se divertir... Eu acreditava em tudo que ele dizia e ele dizia o mesmo para outras meninas... Eu o queria para sempre e ele só por um momento... Eu me entregava e ele me evitava... Eu falava te amo e ele apenas sorria e falava da boca para fora... Eu procurava o príncipe e ele a próxima... Eu o queria, ele queria mais uma... Eu ficava por sentimento e conteúdo, ele por quantidade... Ele descobriu que eu era única, e eu descobri que ele era apenas mais um...
Não espere me perder para sentir minha falta!

Corações apaixonados num carrinho de compras



É incrível como estamos presos ao consumismo... Compre mais, compre mais, eiita capitalismo selvagem pulsando nas veias de cada cidadão!
Agora está chegando dia dos namorados e os shoppings lotados por casais apaixonados. A data que deveria ser especial para cada casal se tornou global. O mais intrigante é ver que muitos sabem que dia 12 de Junho é totalmente comercial e que continuam enfrentando filas como prova de amor.Japão que o diga... Lá, para quem não sabe, existem 2 dia dos namorados. Dia 14 de Fevereiro(Quando as mulheres presenteiam seus respectivos namorados, amigos e afins) e dia 14 de Março(Dia dos homens retribuirem o presente). E aqui, comemoramos o Valentine´s Day sendo dia dos "pombinhos" porquê tudo começou quando houve uma campanha publicitária realizada em 1949 por João Dória- Na época, na agência standart propaganda (Sob encomenda da extinta loja Clipper). Para melhoras as vendas de Junho, pois era o mês mais fraco do comércio... Com apoio da Confederação de comércio de São Paulo, com o slogam: "Não é só de beijos que se prova o amor!" A standart ganhou como melhor agência do ano e é claro, a moda pegou por nós, Brasileiros e para a alegria dos comerciantes, desde então, 12 de Junho é uma data "especial".
É... Alguém ainda tem dúvida de como somos fúteis e consumistas?
P.S.: Mas não podemos negar de que é muito bom receber presentes, ainda mais da pessoa amada... ;)