segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Tudo passa


Tudo nessa vida passa, quase nada é pra sempre. E como andei pensando nisso, lembrei de todas as amizades que passaram pela minha vida e que muitas não permanecem. Hoje estive conversando com uma amiga que por acaso foi uma das que tinham passado, mas houve um reencontro, enfim, coisas do destino... E essa conversa me levou a esse post.
Depois de algum tempo cheguei a conclusão de que todas pessoas que passam por nossas vidas eram mesmo pra passar e que todas elas fizeram a diferença, de forma boa ou ruim, mas sempre aprendemos. Cada um de nós tem uma freqüência que por acaso estará igual a de alguns seres "cósmicos" e que por "acaso" esbarram por nós. Essas pessoas duram o tempo que tem que durar. Aprendemos o que podíamos com elas e depois os destinos tomam rumos diferentes e não há como evitar, aquela pessoa muda de ares, você muda e assim é.
O que existe de pior nessas experiências é que alguns ainda não estão preparados para saber disso que estou falando e quando os rumos tomam caminhos diferentes, a pessoa deleta tudo que houve de bom e todas as lições que aprendeu com tal pessoa.
E o mais impressionante é que a gente esquece o nome das pessoas que mais fizeram diferença na nossa vida e deixamos de ligar para quem mais queremos, a pessoa que a gente mais se importa é a que mais fazemos questão de não demonstrar, e assim vai...
Só não podemos nos esquecer de que um dia quase tudo acaba e que deixamos de dizer o quanto a pessoa era querida por nós. Talvez isso seja fruto do nosso egoísmo. A morte é uma dessas experiências e é a que existe para que saibamos o quanto gostamos de quem se foi... That´s it.

9 comentários:

Athos Moura disse...

Isso vai também do sentido que damos a palavra amizade. Algumas pessoas nós perdemos por bobeira. Outras se vão porque foram interessantes somente naquele momento da vida. Mas nese, agora, já não são mais e ficamos lembrando do quanto era bom o passado. São situações e momentos diferentes. Mas é muito complicado discernir isso.
Bjs

. Marina Bonesso disse...

é sempre assim né?
As pessoas passam pelos nossos caminhos e não tem como evitar, um pouco de nós fica com elas e um poucos delas fica com a gente (..)

Inspirações disse...

Tudo passa! Como tenho visto isso...rs

Sabe, tb tenho pensado nas amizades "antigas" que sumiram...

Um grande abraço.;.

Pegadas disse...

Primeiro preciso avisar que deve-se usar um óculos de sol pra ver o blog nessa nova combinação de cores...

Depois falarq ue tenho até orgulho de conehcer essa miina que escreve...

E como nao podia faltar , minhas considerações....

COncordo com tudo que ali está, só gostaria de acrescentar quem em muitos momentos nao estamos prontos para "perder" essas pessoas que invariavelmentes passam, isso é um grande problema , esse apego desnecessário e digo mais , egoista que temos normalmente aos que amamos, tanto quantos nos , esses são livres, e culturalmente criamos uam barreira ética para exercício dessa liberdade. isso se aplica a amigos e amantes ( pessoas que se amamam).
No momento da separação seja ela causado pelo que for , acabamos nao ponderando o longo prazo e geralmente nos machucamos ou machucamos alguyem quando queremos ou vemos partir....


Acho quedeu pra entender...

Adolfino R. Aquino disse...

Perdoe-me pelo equívoco. Como poderia ter esquecido?

Mas esta noite farei o post me retratando...

Obrigado pela sua presença e carinho...

Agrilla disse...

valeu a visitam te linkei no nosso pra nao perder de vista. bjs

♫Pri disse...

Noooooooossa garota.
Sei que esse post é seu mas muito obrigada por tê - lo escrito.
Eu estou passando por esse trânsito no momento.
É bom saber que não estamos sozinhos,há pessoas que pensam como nós.

Beijos querida.

Anônimo disse...

Ola! Eh a mais pura verdade...qd os amigos sumiam, eu ficava mt pra baixo. Mas hj eu entendo hj q, as pessoas estao sempre de passagem por nossas vidas, assim como estamos nas delas. Mas qd reecontro um ou outro,eh uma maravilha relembrar os velhos tempos. Amizade eh uma daviva de Deus! Abracaos! Meu blog Coisas que eu conto gilmarapessoa.blogspot.com

Re Barillari disse...

até uva passas...