domingo, 19 de abril de 2009

O teu sabor eu quero


Amou-a em silêncio por tanto tempo... Era uma mulher linda, meiga e com olhar decidido. Marcava presença por onde passava. Mesmo passeando ela andava com pressa... Seus cabelos eram negros, volumosos, o que a deixava ainda mais bela. Tinha um aroma cítrico que lembrava cheiro de limpeza e um andar cauteloso, apesar da perna bruta. Ele sentia a vontade de descobrir quem era a mulher por baixo de tanta firmeza, pensava como seria passar a noite com ela e sonhava com o dia que teria essa oportunidade.
Trabalhavam no mesmo escritório, mas nunca se falaram, até esse dia. Os dois e mais umas três pessoas resolveram ficar no escritório durante a madrugada para acelerar alguns trabalhos, na hora de ir embora caía uma chuva horrível e eles dois saíram ao mesmo tempo, enquanto eles se despediram com um simples boa noite, ele ainda fica a admirando enquanto entra no carro e percebe que há algo de errado com o carro dela. Sai de novo e pergunta se ela quer ajuda, ela diz que o pneu está furado e está sem step. Ele dá um sorriso de canto sem ela perceber e oferece carona, dizendo para deixar o carro, que no dia seguinte com oficinas abertas, certamente fica mais fácil. Ela aceita e eles entram no carro, já todos molhados.
Ele diz: Nossa, você tá ensopada! Quer uma blusa? Tenho uma aqui no carro. E pega a blusa, ela agradece e aceita. Mas o que ele não esperava é que ela iria tirar a blusa na frente dele, na maior naturalidade, e foi assim. Ficando só de sutiã, trocou as blusas, dando um sorriso meigo e agradece mais uma vez. Nessa hora o mastro dele já estava virado para o céu. Mas ele fingiu estar super tranquilo e seguiu com o carro. Nessa viagem, eles conversam e se conhecem, até que ele a convence de irem para outro lugar e a leva para sua casa, uma incrível que fora decorada pelo melhor decorador da cidade.
Chegando lá, ele sente que ela seria flexível se ele tentasse algo, mas preferiu tentar um vinho antes. Ela aceitou, tomaram vinho e conversaram muito pois descobriram muitas coisas em comum e se divertiam em plena madrugada conversando. Mas o corpo dele queria mais, queria aquela mulher inteiramente para ele, queria sentir seu gosto, beijar aquela boca que deveria ser doce... E a beijou. Ela cedeu, se entregou e o beijou. Foi um beijo demorado, leve, mas de perder o fôlego. Aquela fora a entrega dos dois. Ela também já havia percebido ele, mas mantinha sua pose, sempre.
Foram se beijando e sem saber como, foram parar na piscina da casa ainda de roupa. A água era morna e o beijo pegava fogo, se encaixava, as línguas se encontravam e dançavam uma dança ritmada, enquanto ele com robustez e ela com sua sensualidade esfregavam seus corpos sem pressa para começar ou muito menos terminar aquilo que estava para acontecer.

Continua...

11 comentários:

Única e Exclusiva disse...

UaLLLLL que conto natural, história real. Sempre com vinho no meio, adoro!

Bjos ú&e

Crisenta disse...

Anciosa pela segunda parte ja haha!
beijos

Momentos...volupté! disse...

Sim...já aguardando a continuação!!!

Jonathan Flexa disse...

Gosto pericialmente das fotos que você seleciona. Sempre há aquela comparação entre a imagem e as mil palavras. Nenhum escrito supera o toque ou o gosto, mesmo assim continuamos na busca por fazer imaginar. Ato que sobrepuja todos os outros.

Olavo disse...

Hummm quem nunca olhou para uma mulher e teve esses desejos..
beijos

Fernanda! disse...

Tão bom se senti desejada, comida só com um olhar.


Volto pra acompanhar a segunda parte.


Bjos linda!

L. disse...

Vc tem um corpo lindo e tem que ser a primeira a mandar a foto.
Foto do bundão.
Beijo,
L.

Teixeira disse...

kkkkkk
Eu fazia quando criança, as vezes é bom relembrar bjs

meuladocontido disse...

Ai que delícia de conto, adoro a forma como escreve, meio poético, uma delícia de ler, imaginar então hmmm nem se fala. Abre o apetite rs


Beijos... Vou continuar lendo!

Mαrinα. disse...

E o livrinho, já pensou no caso? ~~
OAISDOIAOSIDOAISOD .

Anônimo disse...

Oi lá, eu encontrei seu blog através do Google, enquanto busca para os primeiros socorros de um ataque cardíaco e seu post parece muito interessante para mim.